Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Megan Rapinoe sobre beijo em Hermoso: “Profundo nível de misoginia e sexismo”

    Presidente da Federação Espanhola de Futebol se desculpou com a jogadora, mas segue no cargo

    Matias GrezThomas Schlachterda CNN

    Megan Rapinoe, estrela do futebol feminino dos EUA, se manifestou e criticou fortemente o comportamento de Luis Rubiales, presidente da Federação Espanhola de Futebol, o dirigente que beijou sem consentimento a jogadora espanhola Jennifer Hermoso quando a atleta recebia sua medalha de ouro.

    O beijo forçado aconteceu em cima do pódio, quando as jogadores espanholas recebiam a medalha após vencer a final da Copa do Mundo Feminina, contra a Inglaterra.

    Isso me fez pensar sobre o quanto somos obrigados a suportar

    Megan Rapinoe

    Em setembro de 2022, 15 integrantes da seleção feminina da Espanha enviaram cartas assinadas pessoalmente à federação para anunciar que não jogariam mais pela seleção nacional, a menos que houvesse mudanças generalizadas em toda a equipe técnica, conforme relatado pelo canal espanhol “Cadena Ser”.

    No entanto, a federação apoiou o técnico Jorge Vilda, e, das 15 atletas que mandaram a carta, apenas três foram convocadas para o Mundial na Austrália e na Nova Zelândia.

    O jornal americano “The Atlantic” questionou novamente Rapinoe sobre o beijo e as questões que cercavam La Roja antes do torneio. “Pensem no quanto aquela seleção espanhola teve de aguentar: algumas das jogadoras que se levantaram no ano passado não estão na equipe. Talvez isso tenha sido algo que as motivou para vencer a final, mas você não deveria ter que ver isso”, acrescentou Rapinoe.

    Na mesma entrevista, Rapinoe reprovou as ações de Luis Rubiales depois da vitória espanhola.

     Demonstra o nível profundo de misoginia e sexismo na federação espanhola e no próprio Rubiales

    Megan Rapinoe

    A federação ainda não respondeu ao pedido de resposta da CNN. “Em que tipo de mundo de cabeça para baixo estamos? No palco maior, onde você deveria estar comemorando, Jenni Hermoso tem que ser agredida fisicamente por esse cara”, continuou a jogadora norte-americana, que disputou sua última Copa do Mundo.

    Na última terça-feira (22), um dia depois de Rubiales se desculpar e admitir que “cometeu um erro” ao beijar Hermoso, o primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, disse que o pedido de desculpas de Rubiales não foi suficiente.

    As desculpas apresentadas pelo senhor Rubiales não são suficientes. Penso até que não são apropriados e que, portanto, o senhor Rubiales precisa continuar a tomar medidas para esclarecer o que todos vimos

    Pedro Sánchez, primeiro-ministro espanhol

    “É verdade que tem havido algum comportamento, neste caso do senhor Rubiales, que mostra que no nosso país ainda há um longo caminho a percorrer em termos de igualdade e respeito e nesta equalização de direitos entre mulheres e homens”, completou Sánchez.

    O presidente do Conselho Superior do Esporte do governo espanhol também falou sobre o incidente e diz que tomará medidas contra Rubiales se a federação não o fizer. A federação convocou uma assembleia geral extraordinária para discutir o futuro de Rubiales dentro da entidade na próxima sexta (25).

    Falando ao programa “El Larguero”, o presidente do Conselho Superior do Esporte, Victor Francos, disse que a entidade está disposta a se envolver depois de receber três reclamações formais sobre as ações de Rubiales.

    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original