Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Quem foi o primeiro medalhista brasileiro em Olimpíadas?

    Afrânio da Costa foi prata nos Jogos Olímpicos em 1920, na Antuérpia, na Bélgica

    Da CNN

    O Brasil demorou a ir para as Olimpíadas, participando pela primeira vez apenas na sexta edição, em 1920, na Antuérpia, na Bélgica, disputada de 20 de abril a 12 de setembro. Desde então, foram conquistadas 37 medalhas de ouro, 42 de prata e 71 de bronze. E a primeira delas saiu no tiro esportivo justamente naquele ano.

    Em 2 de agosto, Afrânio da Costa, carioca de Macaé, foi prata na pistola livre (50m). Ainda naquele dia, Afrânio da Costa conquistou, ao lado de Dario Barbosa, Fernando Soledade, Guilherme Paraense e Sebastião Wolf, o bronze por equipes na pistola militar (50m).

    Afrânio da Costa, inclusive, era o chefe da delegação de tiro nos Jogos e foi o responsável por articular o empréstimo de revólveres e cartuchos junto com os norte-americanos após materiais serem roubados na viagem de transatlântico até a Europa. Na carreira, foi campeão brasileiro 17 vezes e conquistou 154 títulos ao todo.

    Nascido em Macaé, no Rio de Janeiro, em 14 de março de 1892, Afrânio da Costa se formou em Direito em 1912 e teve um escritório de advocacia com o pai até ser nomeado juiz, em 1931. Foi ministro do Tribunal Federal de Recursos e do Supremo Tribunal Federal, comandando as eleições de 1946. Depois de se aposentar, gerenciou a Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro, de 1960 a 1976.

    Ainda foi diretor de tiro esportivo do Fluminense, um dos fundadores da Confederação Brasileira de Tiro Esportivo e presidente da Associação Metropolitana de Esportes Atléticos (AMEA) e chefiou a delegação brasileira na primeira Copa do Mundo de Futebol, em 1930, no Uruguai. Afrânio da Costa morreu em 26 de junho de 1979, aos 87 anos.

    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas