Caçador de furacões relata o que viu durante passagem do Laura em terra firme

Brandon Clement relata à CNN o que viu ao encontrar o furacão Laura frente a frente

Da CNN
27 de agosto de 2020 às 16:22 | Atualizado 27 de agosto de 2020 às 16:47

O caçador de furacões Brandon Clement estava em Lake Charles, no estado americano de Louisiana quando presenciou a passagem do furacão Laura em terra firme.

Ele relatou à CNN os momentos de destruição que presenciou. "O barulho era muito forte, eu podia ouvir o som da tempestade chegando".

Clement estava em um estacionamento quando viu o fenômeno de perto e assistiu o tombo de um dos motorhomes estacionados ali. Segundo ele, isso foi apenas o início da passagem do furacão no local.

"Eu pude vê-lo percorrendo o terreno na minha frente, e o veículo tombou com a força do vento", lembrou.

Mais tarde, na manhã desta quinta-feira (27), o observador viajava em direção a Cameron, a comunidade mais próxima de onde o Laura entrou em terra firme.

"Quanto mais ao sul eu vou, piores são os estragos". Disse ele lembrando que, no caminho, viu diversos comércios, casas e fazendas destruídas.

"Parece muito com a destruição que um tornado causaria", completou o caçador de furacões.

O furacão Laura atingiu a costa do estado de Louisiana, nos Estados Unidos, na madrugada de quinta-feira. O fenômeno que chegou a ser classificado como de categoria 4 (com ventos mínimos de 210 km/h), agora foi classificado como uma tempestade tropical.

Leia também:
Veja imagens do furacão Laura após tocar o solo nos EUA
Ciclone, tufão, furacão, tempestade: a diferença entre esses fenômenos naturais

Até o momento, foram registradas três mortes por causa do impacto do furacão e mais de 10 mil moradores de Louisiana e do Texas foram para abrigos temporários na noite passada.

Aproximadamente 700 mil estadunidenses ficaram sem energia elétrica nos dois estados, de acordo com a PowerOutage.US, site que monitora quedas de energia pelo país.

(Com Meg Wagner, Amy Woodyatt and Melissa Mahtani, CNN)

(Texto baseado em inglês, clique aqui para ler o original)

Furacão Laura toca o solo no estado da Louisiana
Foto: National Hurricane Center/ Reprodução