Os protestos em Belarus, a 'última ditadura da Europa'

Lorena Lara, da CNN em São Paulo
27 de agosto de 2020 às 05:30
Podcast E Tem Mais é publicado de segunda a sexta, sempre no início da manhã
Foto: CNN Brasil

Conhecido como o "último ditador da Europa", Alexander Lukashenko está no poder há 26 anos em Belarus. Foi eleito presidente do país em julho de 1994 e seguiu no poder pelas cinco eleições que se seguiram desde então. A votação mais recente, em 9 de agosto, escancarou um processo eleitoral com indícios de fraude, levando a população às ruas.

Há três semanas, a capital Minsk vive uma ebulição social nunca antes vista. O país, que declarou sua independência em 1990, é marcado pela disputa entre oriente e ocidente. Nos últimos dias, a repressão do governo aos manifestantes foi violenta e há relatos de tortura e mortes. Neste episódio do E Tem Mais, Monalisa Perrone conversa com o analista de Internacional Lourival Sant'Anna sobre o cenário político, econômico e social de Belarus e os motivos que levaram os moradores a enfrentar o governo, depois de décadas, por eleições justas.

Leia mais:

Em meio a protestos, líder de Belarus diz que não haverá eleições até sua morte

UE vai impor sanções a bielorrussos envolvidos em fraude eleitoral e violência

CNN Mundo: Líderes de partidos no Líbano tentam evitar novas eleições

Ouça e assine os podcasts da CNN Brasil gratuitamente:

5 Fatos

Abertura de Mercado

América Decide

Carteira Inteligente

CNN Líderes

Coronavírus: Fato x Ficção

Horário de Brasília

Na Palma da Mari

O Grande Debate

O Mundo Pós-Pandemia

O Que Eu Faço?

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.