Bolsonaro atribui ataque em Nice à 'cristofobia'

Brasileira está entre as vítimas do ataque à basílica de Notre Dame em Nice, na França

Da CNN
30 de outubro de 2020 às 07:08 | Atualizado 30 de outubro de 2020 às 07:11


 

Uma brasileira está entre as três vítimas do ataque à basílica de Notre Dame em Nice, cidade no sul da França, ocorrido nessa quinta-feira (29). A família está em contato com o Consulado-Geral do Brasil em Paris. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) lamentou o episódio e atribuiu o ataque à "cristofobia". De acordo com a colunista da CNN, Basília Rodrigues, o presidente repetiu o discurso realizado na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em setembro

Leia também:
Ataque com faca deixa ao menos 3 mortos e vários feridos na França
Suspeito de ataque em Nice é identificado por polícia francesa

(Edição: André Rigue)