Diretor-geral da OMS pede a líderes do G20 que aloquem vacinas de forma justa


Da CNN
22 de novembro de 2020 às 03:13
Diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom, pediu respeito ao isolamento pelo COVID-19
O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom
Foto: Denis Balibouse - 28.fev.2020 / Reuters

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, pediu aos líderes mundiais, durante um encontro virtual do G20 nesse sábado (21), que aloquem as vacinas contra a Covid-19 de maneira justa.

Assista e leia também:
Defendemos a liberdade de cada um para decidir se toma vacina, diz Bolsonaro
Cúpula do G20 começa hoje com pandemia e meio ambiente no centro das discussões

“Alocação justa de vacinas é fundamental para acabar com a pandemia, e uma recuperação global mais rápida”, afirmou Tedros, de acordo com o discurso divulgado pela OMS. Ele disse que há a necessidade de um investimento imediato de US$ 4,5 milhões para vacinas.

Tedros notou que o G20 – que representa dois terços da população mundial e 80% da economia global – vai desempenhar um papel vital em não apenas acabar com a pandemia, mas também em prevenir epidemias futuras.

“Para evitar futuros surtos e os impactos deles nas vidas, nos meios de subsistência e nas economias, todos os países precisam investir em preparação e cobertura de saúde universal”, declarou.

(Com informações de Lauren Mascarenhas, da CNN, em Atlanta)