Cidades dos EUA começam a receber primeiras vacinas contra o novo coronavírus

O primeiro lote de imunizantes foi despachado na tarde do domingo

Da CNN
14 de dezembro de 2020 às 06:37 | Atualizado 14 de dezembro de 2020 às 06:39
Avião com lote de vacinas contra Covid-19 chega ao Aeroporto Internacional de Los Angeles (LAX)
Foto: Reprodução - 14.dez.2020 / Aeroporto Internacional de Los Angeles via Twitter

O Aeroporto Internacional de Los Angeles (LAX), no estado norte-americano da Califórnia, recebeu o primeiro lote de vacinas contra a Covid-19 da Pfizer/BioNTech, informou o local na noite desse domingo (13).

“Esse é um grande marco histórico para a ciência, nosso país e nossa comunidade. Obrigado a todos que tornaram essa entrega possível, e são parte do incrível esforço para distribuir as vacinas pelo mundo”, escreveu o aeroporto no Twitter.

Assista e leia também:
Vacina da Pfizer começa a ser administrada nos Estados Unidos nesta segunda
Cidade mineira tem 1ºs casos, e Covid-19 chega a todos os municípios do Brasil
O IPVA está chegando: saiba como calcular quanto vai pagar de imposto
Fim do mistério: nos 40 anos do Chester, empresa divulga fotos do animal vivo

O primeiro lote de vacinas foi despachado na tarde do domingo, mesmo dia em que o diretor do comitê consultivo sobre Práticas de Imunização do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC, em inglês), Robert Redfield, autorizou o uso emergencial da substância.

Mais de 188 mil frascos foram distribuídos e outros 390 mil devem ser recebidos até terça-feira (15). Cada um deles contém cinco doses da vacina, informou a Pfizer. O primeiro lote é suficiente para imunizar quase 1,5 milhão de norte-americanos. 

Os EUA planejam distribuir 14 milhões de doses de vacina até o final de 2020, e entre 50 milhões e 80 milhões entre janeiro e fevereiro de 2021. Essa estimativa também inclui a candidata da Moderna, que deve passar por avaliação das agências reguladoras do país nos próximos dias.

Hospitais lotados na Califórnia

A Califórnia registrou 30.334 novos casos de Covid-19 no domingo e mais 122 mortes relacionadas, segundo o Departamento de Saúde Pública local.

Em meio a isso, hospitais de todo o estado estão chegando ao limite de ocupação de leitos. A capacidade das unidades de terapia intensiva (UTIs) caiu para 4,2% no sul da Califórnia e para 1,5% no Vale de San Joaquin.

(Com informações de Jennifer Selva, da CNN Internacional)