Covid-19: Em novo recorde, EUA têm mais de 3.500 mortes e 240 mil casos em 1 dia

Especialistas pedem que população americana siga tomando cuidados contra o novo coronavírus, mesmo com início de vacinação no país

Por Christina Maxouris, Eric Levenson e Maggie Fox, CNN
17 de dezembro de 2020 às 03:43 | Atualizado 17 de dezembro de 2020 às 03:44
Funcionários de hospital no Brooklyn, em Nova York, transportam corpos de pessoas mortas pelo novo coronavírus
Foto: Andrew Kelly - 4.abr.2020/ Reuters


Nesta quarta-feira (16), os Estados Unidos bateram novos recordes no agravamento da disseminação da Covid-19 pelo país.

Foi registrado um número recorde de novas mortes em 24 horas - mais de 3.500 -, além de mais de 240.000 novos casos do novo coronavírus. E o número de pessoas nos hospitais chegou a uma nova alta pelo 11º dia consecutivo. 113.069 pacientes internados em todo o país, de acordo com o Covid Tracking Project.

Leia também:
Biden será vacinado na próxima semana; Pence na 6ª e Trump espera decisão médica

Alasca confirma caso de reação adversa severa a vacina contra Covid-19

Só na quarta-feira, a Califórnia registrou 41.081 casos - o maior registrado pelo estado em um único dia até hoje - e também 12.630 casos de "vários dias anteriores" devido à implementação de um recurso de autoprocessamento, de acordo com o estado Departamento de Saúde Pública.

A Califórnia é um dos 14 estados onde a média de sete dias de novos casos é pelo menos 10% maior do que a média de uma semana atrás.

A vacinação acabará mudando a trajetória sombria do país, mas o efeito deve demorar alguns meses, disseram os especialistas. Até lá, autoridades de saúde dizem que as pessoas devem usar máscaras, evitar espaços internos lotados e evitar aglomerações nas festas de fim de ano.

"O que as pessoas precisam saber é que ainda estamos em uma parte perigosa e crítica desta pandemia, e dezenas de milhares de vidas americanas estão em jogo", disse Brett Giroir, secretário assistente de saúde do HHS.