Biden terá um partido democrata unido, diz correspondente da CNN americana

John Harwood, correspondente da CNN americana na Casa Branca, analisou o cenário em que Joe Biden vai assumir a presidência dos Estados Unidos

Da CNN, em São Paulo
19 de janeiro de 2021 às 23:48

 

Em entrevista à CNN, John Harwood, correspondente da CNN americana na Casa Branca, analisou o cenário em que Joe Biden vai assumir a presidência dos Estados Unidos e disse que o novo presidente americano terá que lidar com as diferentes alas ideológicas dos democratas, mas que seu partido está unido.

“Há alas de esquerda no partido democrata que querem que Biden vá além de onde ele pretende ir, porém, ele terá um partido unido, que vai apoiá-lo contra aquilo que veem como ameaça dos republicanos,” disse Harwood.

O correspondente entende que o novo presidente chega para diminuir a polarização criada no país nos últimos anos, mas que ele não é visto com bons olhos por boa parte dos republicanos.

“Pelos padrões americanos, Biden é um personagem popular e não é polarizador. Ele clama pela união, mas atrai sentimento positivo de uma parte pequena dos republicanos. Ele assume o cargo em um ambiente complicado.”

Joe Biden durante discurso nos Estados Unidos
Joe Biden durante discurso nos Estados Unidos
Foto: Kevin Lamarque/Reuters

(Publicado por Sinara Peixoto)