Governo francês estuda exigir passaporte sanitário em transporte público

Governo da França quer estender a obrigatoriedade do passaporte sanitário para bares, restaurantes e transporte público

Denisa Odorissi, da CNN, em Londres
21 de julho de 2021 às 21:37 | Atualizado 21 de julho de 2021 às 21:41

Entrou em vigor na França nesta quarta-feira (21) as exigências do passaporte sanitário para quem quiser entrar em teatros, cinemas e museus do país. A medida visa incentivar a vacinação no país, que tem menos de 40% de vacinados com a 2ª dose. O governo francês visa aumentar a exigência do documento.

Já foi apresentado no parlamento francês uma proposta da base governista de estender a obrigatoriedade do passaporte sanitário para bares, restaurantes e transporte público. 

A busca do governo francês em aumentar a cobertura vacinal do país vem em um cenário de aumento de casos. Entre terça (20) e quarta (21) a França teve 25 mil novos casos de Covid-19.

Segundo o primeiro-ministro do país, Jean Castex, 96% dos novos casos são entre não-vacinados.

Profissional de saúde trata paciente com Covid-19 em hospital em Vannes, na França
Foto: Stephane Mahe/Reuters (12.out.2020)