Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    27 americanos morreram em Israel devido ao conflito, confirmou a Casa Branca

    Porta-voz do Conselho de Segurança Nacional dos Estados Unidos, John Kirby, disse que 14 americanos estão desaparecidos

    Kirby anunciou o número de americanos mortos na Guerra em Israel
    Kirby anunciou o número de americanos mortos na Guerra em Israel Jonathan Ernest/Reuters

    Kevin Liptakda CNN

    O número de americanos que morreram após o ataque terrorista do Hamas em Israel é agora de 27, informou a Casa Branca nesta quinta-feira (12).

    Outros 14 americanos estão desaparecidos, segundo o porta-voz do Conselho de Segurança Nacional dos Estados Unidos, John Kirby.

    Mais cedo, o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, se reuniu com as famílias dos americanos mortos e feitos reféns pelo Hamas, em Tel Aviv. Ele reafirmou que estão fazendo tudo que podem para garantir a libertação dos americanos capturados.

    Blinken disse ainda que o enviado especial adjunto para assuntos de reféns, Steve Gillen, também se encontrou com as famílias e disse que permanecerá lá para apoiar os esforços para libertar seus entes queridos.

    “A enormidade da sua angústia, da sua perda, é imensurável. Para as famílias dos desaparecidos, há uma agonia implacável por não saberem o destino dos seus entes queridos. Algo que não creio que a maioria de nós consiga compreender verdadeiramente, contemplar verdadeiramente, se não estivermos no lugar deles. Ninguém deveria ter que suportar o que está passando”, disse Blinken.

    VÍDEO – Veja também: Polícia de Israel divulga vídeo de libertação de reféns do Hamas