Alemanha deverá ter meses tumultuados até definição do governo, diz professor

Kai Enno Lehmann disse à CNN que novo presidente do parlamento terá desafio para encaminhar a tomada de decisões

Da CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

Em entrevista à CNN, o professor de Relações Internacionais da USP Kai Enno Lehmann afirmou que a Alemanha deverá ter meses tumultuados até a definição do governo. Até o momento, o candidato a chanceler Olaf Scholz, do Partido Social-Democrata (SPD), conquistou maioria no parlamento.

De acordo com o docente, um dos motivos é a missão do futuro presidente do parlamento. Para Lehmann, um dos desafios do político será o modo como ele encaminhará a tomada de decisões.

Parte disso se deve ao estrondoso número de 735 deputados. “Houve já alguns debates durante as eleições sobre como tentar conter essa expansão do parlamento”, explicou.

Além disso, o novo governo precisará de uma coalizão de três partidos. Com a vitória do SPD no processo eleitoral neste domingo (26), Scholz saiu à frente nas negociações entre as legendas.

“Vai ser uma nova experiência na história moderna alemã”, disse Lehmann.

“Porém, os três falam a mesma linguagem no sentido de dizer que o país precisa de mudanças.”

Outro ponto abordado pelo professor foi como as eleições alemãs estão cada vez mais sendo pautadas por temas, mais do que pelo direcionamento político dos partidos. Segundo ele, há um ou dois assuntos específicos que podem determinar as escolhas das legendas.

“Estamos em uma época de profundas mudanças e certamente em um enfraquecimento de ideologias.”

Mais Recentes da CNN