Alemanha espera rápida aprovação da vacina de Oxford pela União Europeia

O imunizante foi liberado nesta quarta-feira (30) para uso no Reino Unido

Vacina contra Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a AstraZeneca
Vacina contra Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a AstraZeneca Foto: Dado Ruvic - 09.nov.2020 / Reuters

Ouvir notícia

A Alemanha espera que a União Europeia (UE) conceda rapidamente aprovação à vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a AstraZeneca. O imunizante foi liberado nesta quarta-feira (30) para uso no Reino Unido.

Assista e leia também:
Luta contra a Covid-19 avança com remédio imunizante e mais 2 vacinas na fase 3
Vacina da Sinopharm contra a Covid-19 tem 79% de eficácia, diz empresa
WhatsApp vai parar de funcionar em aparelhos antigos a partir de 2021

Klaus Cichutek, chefe do Instituto Paul Ehrlich, disse que, graças à revisão contínua da UE sobre a eficácia da vacina de Oxford, será possível tomar uma decisão rápida assim que um pedido formal for apresentado.

Nenhuma solicitação do tipo foi recebida pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA) até esta manhã, afirmou Cichutek aos repórteres. Mas assim que isso acontecer, haverá um debate nos conselhos do órgão.

“Assim que o pedido for apresentado, uma decisão pode ser tomada rapidamente”, disse Cichutek em entrevista coletiva.

O ministro da Saúde alemão, Jens Spahn, pediu “uma análise rápida e completa” da vacina de Oxford pela EMA, além da liberação esperada da UE para o imunizante da Moderna no início de janeiro.

Mais Recentes da CNN