Amsterdã: homem é encontrado vivo após viajar 11 horas em trem de pouso de avião

Homem entrou em avião clandestinamente em Joanesburgo, na África do Sul, e foi resgatado com baixa temperatura corporal

Casal pousou no Aeroporto Internacional de Amsterdam "Schiphol"
Casal pousou no Aeroporto Internacional de Amsterdam "Schiphol" Reuters

Aliza Kassim KhalidiAlaa Elassarda CNN

Ouvir notícia

Autoridades holandesas descobriram um homem viajando clandestinamente – escondido na roda da frente de um avião de carga –  após a aeronave pousar no Aeroporto Schiphol, em Amsterdã, neste domingo (23).

O homem estava escondido há mais de 11 horas, desde que o voo partiu de Joanesburgo, na África do Sul, de acordo com um porta-voz do aeroporto de Schiphol e da polícia. Embora o indivíduo não tenha sido identificado, as autoridades disseram que acredita-se que ele tenha entre 16 e 35 anos.

“Descobrimos que uma pessoa foi encontrada escondida em um avião de carga, na plataforma de carga do aeroporto, esta manhã”, disse a porta-voz do aeroporto de Schiphol, Willemeike Koster, à CNN. A Polícia Militar Real Holandesa está lidando com a situação, disse Koster.

A equipe de solo do aeroporto avistou foi a primeira a notar algo, que parecia uma pessoa, e imediatamente notificou as autoridades. Ao chegar ao local, a polícia holandesa e os serviços de emergência confirmaram que o homem estava vivo, mas com baixa temperatura corporal, disse a porta-voz da Polícia Militar Real Holandesa, Joanne Helmonds.

“Ficamos surpresos ao encontrar esse homem, mas ainda mais surpresos por ele estar vivo depois que o avião voou mais de 10.000 [quilômetros] em temperaturas muito, muito frias”, disse a porta-voz da Polícia Militar Real Holandesa, Joanne Helmonds, à CNN.

O homem foi reanimado e estabilizado no aeroporto e depois transportado para um hospital em Amsterdã, acrescentou Helmonds.

“Quando o homem estiver recuperado e liberado pelo hospital, ele será processado no Asylum Seekers Center (AZC), onde seu status será determinado se ele realmente está procurando asilo”, disse Helmonds.

O tempo de voo entre Joanesburgo e Amsetrdã é em média de 11 horas e, se o voo tivesse realizado uma escala no Quênia, a viagem teria sido várias horas mais longa, de acordo com a Polícia Militar Real Holandesa.

A Cargolux, a companhia aérea de carga luxemburguesa em que o clandestino estava a bordo, se recusou a comentar a notícia até que uma investigação sobre a situação seja concluída.

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN