Argentina fecha fronteira terrestre para quem saiu do país após 25 de dezembro

Restrição vale até o dia 31 de janeiro; residentes só poderão retornar de avião ou via fluvial

Abinoan Santiago, colaboração para a CNN Brasil

Ouvir notícia

 

Quem saiu da Argentina após 25 de dezembro e pretende retornar antes de 31 de janeiro não poderá antecipar a volta ao país de carro ou ônibus. As autoridades sanitárias fecharam as fronteiras via terrestre como medida de contenção do novo coronavírus.

A regra vale tanto para estrangeiros que moram na Argentina quanto para argentinos que saíram do país para férias em outro destino, como Brasil, Chile, Paraguai ou Uruguai.

Na prática, segundo o governo da Argentina, os residentes só poderão retornar de avião ou via fluvial. Entretanto, para quem deixou a Argentina antes de 25 de dezembro, o retorno ainda está autorizado por meio de carro ou ônibus.

Já os turistas brasileiros continuam sem poder entrar por via terrestre e aérea. Quem marcou viagem para o país vizinho tanto por via terrestre ou aérea durante o mês de janeiro, deve cancelar a viagem para este período.

Leia e assista também:

Argentina aprova uso emergencial de vacina da AstraZeneca contra Covid-19

Argentina quer vacinar 6 milhões de pessoas do grupo de risco até março

Regras para quem viajar de avião para Argentina

De acordo com o governo argentino, existem regras para entrada no país mesmo para os que optem em retornar ou ingressar por avião. Uma delas é a apresentação de um teste PCR negativo para a Covid-19 realizado em até 72 horas antes do embarque.

Também é recomendável pelas autoridades sanitárias argentinas que o viajante cumpra um prazo de 10 dias de quarentena, contabilizando desde o período da data do teste PCR para o novo coronavírus.

Já a proibição de entrada no país, mesmo por avião, está prevista nas seguintes situações:

– Pessoas com registro de sintomas da Covid-19 nos últimos 14 dias que antecederam a viagem

– Quem teve contato próximo com paciente diagnosticado com Covid-19 nos 14 dias antes do embarque

– Pessoas sintomáticas sem certificação laboratorial que ateste a possibilidade negativa para Covid-19

– Pacientes que tiveram Covid-19 laboratorialmente testado em um período inferior a 90 dias a data de embarque à Argentina ou quem ainda aguarda o resultado do exame para o novo coronavírus.

Mais Recentes da CNN