Arma de Alec Baldwin em “Rust” não foi inspecionada completamente

Assistente de direção reconheceu erro aos investigadores

Heloisa Villelada CNN

em Nova York

Ouvir notícia

Segundo um mandado de busca feito por uma detetive sobre as investigações do caso “Rust”, o assistente de direção Dave Halls admitiu que não inspecionou a arma utilizada pelo ator Alec Baldwin completamente. Ele afirmou a investigadora que olhou apenas três espaços para balas do tambor.

No incidente fatal do set do longa-metragem, Baldwin disparou um tiro que matou a diretora de fotografia Halyna Hutchins, de 42 anos. O diretor Joel Souza, de 48 anos, também ficou ferido.

A produtora do filme, Rocket Soul Studios, já havia informado à CNN que Halls foi demitido de uma produção depois que um incidente com arma feriu um membro da equipe. Um membro da equipe de som também precisou desviar de um disparo e depois foi orientado a procurar tratamento médico.

Outra informação sobre o caso revelada foi sobre Hannah Gutierrez, que era a encarregada pelas armas de fogo no set. “Rust” era apenas o segundo filme que ela trabalhava.

De acordo com um colega de trabalho, Gutierrez era displicente no seu primeiro projeto, que contava com o ator Nicolas Cage. Uma arma chegou a fazer um disparo no chão. Essa mesma pessoa ainda chegou a pedir a demissão dela.

Mais Recentes da CNN