Arqueólogos descobrem ruínas de ‘lanchonete fast-food’ em Pompeia

Cidade italiana, destruída por vulcão em 79 (d.C.), tinha um termopólio, balcão com buracos para recipientes de comida quente

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Arqueólogos descobriram as ruínas de uma espécie de lanchonete que funcionava em Pompeia, na Itália. O termopólio, como era chamado, é um balcão com buracos para recipientes de comida quente, já pronta para ser vendida.

Aproximadamente no ano 70 (d.C.), o local funcionava como uma espécie de fast-food, que vendia comida de rua e bebidas a pedestres.

Leia também:

A corrida contra o tempo para salvar Pompeia
Corpos de vítimas de erupção são encontrados em Pompeia

Os pesquisadores encontraram restos de alimentos nas ruínas, o que pode ajudar a compreender melhor os hábitos gastronômicos daquela época. Pinturas no balcão mostram o comércio e a preparação dos pratos vendidos.

Patrimônio mundial da Unesco, Pompeia foi uma cidade para cerca de 13 mil pessoas, mas foi destruída pela erupção de um vulcão no ano 79 (d.C.)

Arqueólogos descobrem ruínas de lanchonete em Pompeia
Arqueólogos descobrem ruínas de lanchonete em Pompeia
Foto: CNN Brasil

 

(Publicado por Sinara Peixoto)

Mais Recentes da CNN