Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Biden deve restringir acesso a asilo na fronteira entre EUA e México, diz fonte

    Governo americano quer reduzir número de travessias ilegais em ano de eleição

    Migrantes no muro da fronteira após cruzarem do México para os EUA27/04/2024REUTERS/Go Nakamura
    Migrantes no muro da fronteira após cruzarem do México para os EUA27/04/2024REUTERS/Go Nakamura REUTERS

    Reuters

    O governo dos Estados Unidos deve restringir os pedidos de asilo na fronteira entre EUA e México por meio de uma nova regulamentação que pode ser emitida já nesta quinta-feira (9), segundo três fontes com conhecimento do assunto, em uma medida com o objetivo de reduzir travessias ilegais.

    A regulamentação exigira que os imigrantes sejam avaliados em um estágio inicial de triagem de asilo para determinar se deveriam ser barrados e rapidamente deportados, de acordo com as fontes, que pediram anonimato por discutir o planejamento interno do governo. Eles acrescentaram que a medida parecia ter um escopo limitado.

    Os imigrantes serão avaliados para proibições de asilo relacionadas a criminalidade e ameaças de segurança, segundo duas das fontes.

    A Casa Branca não respondeu a um pedido por comentário em um primeiro momento.

    O presidente americano, Joe Biden, do Partido Democrata, que concorrerá a um novo mandato na eleição de 5 de novembro, tem sofrido com números recordes de imigrantes pegos cruzando fronteira com o México desde que assumiu o poder em 2021.

    O ex-presidente Donald Trump, adversário republicano de Biden, criticou o presidente americano por reverter políticas mais restritivas da Era Trump.

    (Reportagem de Ted Hesson em Washington)