Chance de ataque do Estado Islâmico em Cabul é grande, diz ministro britânico

Grupo Isis-K poderia mirar aglomeração no aeroporto da capital do Afeganistão, onde Forças Armadas de países ocidentais realizam a evacuação de cidadãos e refugiados afegãos

Amy Cassidyda CNN

Ouvir notícia

As informações acerca de um possível ataque terrorista do Estado Islâmico K (Isis-K) no aeroporto de Cabul estão “muito mais consolidadas”, disse o ministro das Forças Armadas britânicas, James Heappey, na manhã desta quinta-feira (26).

“Agora há relatos muito, muito críveis de um ataque iminente. Seguindo a mudança do conselho do Ministério das Relações Exteriores na noite passada, as pessoas não deveriam vir ao aeroporto de Cabul, deveriam ir para um lugar seguro e aguardar mais instruções”, disse ele a Rádio BBC.

“Só posso dizer que a ameaça é grave. Faremos o nosso melhor para proteger aqueles que estão lá. Há todas as chances de que, à medida que mais relatórios forem chegando, possamos mudar o conselho e receber as pessoas novamente, mas há nenhuma garantia disso”, disse.

“A janela de oportunidade para evacuar as pessoas está se fechando”, disse Heappey, à medida que o prazo de 31 de agosto para a retirada se aproxima.

Pouco menos de 2.000 intérpretes e outros funcionários do governo do Reino Unido foram evacuados nas últimas 24 horas de acordo com a Política de Assistência e Relocações do Afeganistão (ARAP) do governo do Reino Unido em oito voos da Força Aérea Real, disse ele, com outros 11 voos programados para quinta-feira.

Isso eleva o número total de evacuações britânicas na semana passada para 12.279, acrescentou.

EUA e voos de coalizão retiraram 21.600 pessoas de Cabul em 24 horas / AP

Mais Recentes da CNN