Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Chanceler de Milei sinaliza a governo Lula ampliar acordos com Mercosul

    Futura ministra de Relações Exteriores da Argentina se reuniu pela segunda vez com chanceler Mauro Vieira em Buenos Aires desde a eleição de Javier Milei

    Mauro Vieira e Diana Mondino, chanceleres de Brasil e Argentina, durante encontro em Buenos Aires neste sábado (9)
    Mauro Vieira e Diana Mondino, chanceleres de Brasil e Argentina, durante encontro em Buenos Aires neste sábado (9) Divulgação

    Luciana Taddeocolaboração para a CNNLeandro Magalhãesda CNN

    Buenos Aires (Argentina)

    O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Mauro Vieira, chegou neste sábado (9) a Buenos Aires para acompanhar a posse do novo presidente da Argentina, Javier Milei, que acontece no domingo (10).

    Segundo fontes ouvidas pela CNN, a futura ministra de Relações Exteriores da Argentina, Diana Mondino, convidou o chanceler brasileiro para conversar antes da posse assim que soube da chegada do ministro a Buenos Aires.

    No encontro, que durou cerca de 40 minutos, no Palácio San Martín, sede da chancelaria argentina, trataram de vários assuntos, entre os quais, a ampliação de acordos do Mercosul, segundo relatos à CNN.

    Integrantes do futuro governo argentino teriam concordado com o fortalecimento de ações do bloco que contribuam com os dois países.

    Sinalizações para projetos futuros foram citados durante a reunião entre os membros dos dois países.

    “Brasil e Argentina são complementares. O objetivo não é tratar de questões ideológicas. Ideologia pode ficar dentro de cada país. Ficamos felizes com a sinalizacão”, afirmaram fontes do Itamaraty à CNN.

    Segundo as fontes, a chanceler designada por Milei reiterou seu interesse pela conclusão da negociação do acordo comercial entre a União Europeia e o Mercosul, um dos temas mais importantes para o futuro do bloco regional.

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva será representado na cerimônia por Vieira.

    No mês passado, Diana Mondino foi ao Brasil para visitar o chanceler brasileiro e entregar uma carta de Milei convidando Lula para a posse. Após o encontro, ela afirmou que a parceria com o Brasil vai continuar “o melhor e o mais rápido possível”.