Chefe da Otan se reunirá com embaixadores finlandeses e suecos

Encontro acontece nesta quarta-feira (18); ambos os países entregarão suas solicitações de adesão neste dia

Logos da Otan na sede da entidade em Bruxelas
Logos da Otan na sede da entidade em Bruxelas Pascal Rossignol/Reuters (21.out.2021)

Sarah Deanda CNN

Ouvir notícia

O secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Jens Stoltenberg, se reunirá com os embaixadores da Finlândia e da Suécia na quarta-feira (18), de acordo com um comunicado do bloco militar.

A reunião ocorre depois que os dois países declararam suas intenções de se candidatar à adesão à Otan no início desta semana.

A Finlândia e a Suécia entregarão sua solicitação à Otan na quarta-feira, disse a primeira-ministra sueca Magdalena Andersson durante uma entrevista coletiva conjunta com o presidente finlandês Sauli Niinistö em Estocolmo.

Os líderes devem se reunir com o presidente dos EUA, Joe Biden, na quinta-feira (19).

Contexto

Ainda nesta terça-feira, o Parlamento da Finlândia aprovou uma proposta para se candidatar à adesão à aliança militar. A votação resultou em 188 votos a favor e 8 contra, disse o presidente do Parlamento, Matti Vanhanen.

O país, historicamente neutro militarmente, mudou sua posição após a invasão russa da Ucrânia. Finlândia e Rússia possuem uma fronteira de mais de 1,3 mil quilômetros de extensão.

A Suécia assinou também nesta terça-feira documento formalizando seu pedido de adesão ao bloco.

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN