Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Chile enfrenta maior onda de frio do outono em mais de 70 anos

    Um relatório prevê que as temperaturas na parte central do país serão menores do que o normal para o outono no hemisfério sul

    Chile enfrenta maior onda de frio do outono em mais de 70 anos
    Chile enfrenta maior onda de frio do outono em mais de 70 anos REUTERS

    Reuters

    Moradores da capital chilena tiveram que tirar o casaco do armário nesta quarta-feira (15), por causa da maior onda de frio do outono já registrada em mais de 70 anos.

    Um relatório recente do serviço meteorológico do Chile prevê que as temperaturas na parte central e centro-sul do país serão menores do que o normal para o outono no hemisfério sul.

    “Nos últimos 74 anos, não tivemos um período de frio tão intenso em maio”, disse à Reuters o climatologista da Universidade de Santiago, Raul Cordero.

    O departamento de meteorologia espera uma temperatura mínima de 1 °C na área central de Santiago nesta quinta-feira (16).

    Na capital chilena, a mudança foi abrupta porque, em poucos dias, o calor do verão foi deixado para trás, enquanto ao redor da cidade, os picos nevados e as encostas da Cordilheira dos Andes já eram visíveis.

    O governo chileno ativou o chamado “código azul” esta semana para proteger e ajudar as pessoas que vivem nas ruas em seis regiões do país.

    Cordero também disse que o encontro das massas frias de origem polar com massas quentes de origem tropical causam tempestades. O mesmo fenômeno foi visto no sul do Brasil, onde chuvas severas e inundações deixaram mais de cem mortos no Rio Grande do Sul.