Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    China critica comportamento do Japão em relação a Taiwan

    Pequim afirmou que os japoneses estavam "se comportando muito mal" com as recentes declarações sobre as atuais tensões no Estreito de Taiwan

    Combinação das bandeiras de China e de Taiwan em foto de ilustração
    Combinação das bandeiras de China e de Taiwan em foto de ilustração 28/04/2022 REUTERS/Dado Ruvic

    Da Reuters

    Ouvir notícia

    O Ministério das Relações Exteriores da China disse nesta sexta-feira (5) que as autoridades japonesas estavam “se comportando muito mal” com as recentes declarações sobre as atuais tensões no Estreito de Taiwan.

    A declaração vem dois dias depois que a presidente da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, fez uma visita controversa a Taiwan.

    “Seus líderes recentemente se comportaram muito mal sobre a questão de Taiwan. O Japão tem uma séria responsabilidade histórica na questão de Taiwan, e não está qualificado para dizer nada à China sobre a questão de Taiwan”, disse o porta-voz do ministério, Hua Chunying, durante uma reunião em Pequim.

    As duras observações de Pequim vêm depois que os ministros das Relações Exteriores dos países do G7 – incluindo o Japão – pediram à China na quarta-feira que resolva a tensão em torno do Estreito de Taiwan de maneira pacífica.

    O pedido levou a China a cancelar uma reunião planejada entre o ministro das Relações Exteriores, Wang Yi, e seu colega japonês à margem dos eventos da Associação das Nações do Sudeste Asiático (Asean) no Camboja.

    Pouco depois da reunião, o Ministério das Relações Exteriores da China anunciou em um comunicado que decidiu sancionar Pelosi e sua família em resposta às suas ações “viciosas” e “provocativas”.

    Mais Recentes da CNN