Com vacinação, Reino Unido pode amenizar restrições em março, diz ministro

Responsável pelo programa de vacinas, Nadhim Zahawi afirma que assim que os mais vulneráveis estiverem protegidos, o governo irá providenciar reabertura

Pessoas caminham com máscaras na Regent Street, em Londres
Pessoas caminham com máscaras na Regent Street, em Londres Foto: John Sibley/Reuters

Nina Avramova e Lindsay Isaac, da CNN

Ouvir notícia

As restrições à pandemia podem ser suspensas a partir de março no Reino Unido, uma vez que os mais vulneráveis estarão protegidos com a vacina contra Covid-19, de acordo com um ministro do governo.

A reabertura do país será “gradual, provavelmente por meio de uma ordem hierárquica”, e provavelmente duas a três semanas após a meta de meados de fevereiro para vacinar os quatro principais grupos de pessoas vulneráveis, disse o ministro do programa de vacinas, Nadhim Zahawi, a BBC na segunda-feira.

O governo planeja administrar a primeira dose de uma vacina contra o coronavírus até 15 de fevereiro para cerca de 15 milhões de pessoas em todo o Reino Unido, incluindo residentes de casas de repouso, assistentes sociais e de saúde e idosos.

“Se pegarmos a meta de meados de fevereiro – duas semanas depois disso você obtém sua proteção praticamente para a Pfizer/BioNTech [vacina], três semanas para a Oxford/AstraZeneca, [então] você está protegido”, disse Zahawi.

 

Mais Recentes da CNN