Começa julgamento do segundo impeachment de Donald Trump

Senadores votarão nesta terça a constitucionalidade do procedimento, que pode seguir ao longo do fim de semana

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em vídeo de despedida da Casa Branca
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em vídeo de despedida da Casa Branca Foto: Reprodução/YouTube White House (19.jan.2021) 

da CNN*

Ouvir notícia

O Senado dos Estados Unidos começou a discutir na tarde desta terça-feira (9) o segundo impeachment do ex-presidente Donald Trump. 

Este é o primeiro julgamento de um presidente que não está mais no poder. Os democratas da Casa dos Representantes (equivalente à Câmara dos Deputados brasileira) votaram em 13 de janeiro para afastar Trump depois da invasão ao Capitólio em 6 de janeiro. Trump é acusado por “incitar insurreição”.

Os parlamentares concordaram em adotar as regras combinadas pela liderança da casa para reger o julgamento.

“É nosso dever solene constitucional conduzir um processo justo e honesto de impeachment pelas acusações contra o presidente Trump, as acusações mais graves já feitas a um presidente dos Estados Unidos na história americana. Essa resolução propõe um julgamento justo, e eu rogo ao Senado para que a adote”, disse o líder da maioria, Chuck Schumer. 

A resolução, que foi aceita, determina o cronograma para o julgamento. Veja quais serão os demais procedimentos:

  • Depois de quatro horas de debate hoje sobre a constitucionalidade do procedimento, haverá uma votação de maioria simples;
  • Então, cada lado terá 16 horas para apresentação;
  • Seguidas por quatro horas para questões dos senadores;
  • Se houver um pedido por testemunhas, haverá duas horas de debate depois do tempo das questões, e uma votação sobre chamar as testemunhas;
  • Depois, quatro horas para os argumentos finais, dividos igualmente;
  • Então, o voto pela condenação ou absolvição.
Senado dos EUA vota impeachment de Donald Trump
Senado dos EUA vota impeachment de Donald Trump
Foto: Reprodução/Senate TV (9.fev.2021)

Os senadores republicanos têm a expectativa que o processo termine na noite do sábado, se a defesa de Trump não usar todas as 16 horas a que tem direito e se os senadores não usarem as quatro horas de questionamento previstas. 

Trump é o único presidente americano a passar por esse processo duas vezes. Esse é o quarto processo de impeachment na história do país.

Antes, o Congresso já havia conduzido três julgamentos:

  • Presidente Andrew Johnson, em 1868, por demitir um secretário de gabinete sem o consentimento do Congresso;
  • Presidente Bill Clinton, em 1998, por perjúrio e obstrução de Justiça;
  • Presidente Trump, em 2020, por abuso de poder e obstrução do Congresso. 

Todos foram absolvidos e permaneceram no poder. 

(*Com informações da CNN Internacional)

Mais Recentes da CNN