É fundamental que Brasil recupere credibilidade, diz cientista político

Para Alexandre Uehara, ações efetivas na proteção ao meio ambiente são fundamentais para recuperar o prestígio internacional do país

Álvaro Gadelhada CNN*

Em São Paulo

Ouvir notícia

O Brasil precisa recuperar sua credibilidade perante os demais países sobre seus compromissos ambientais através de ações efetivas, e não apenas no discurso, afirmou neste domingo (31), em entrevista à CNN, o cientista político Alexandre Uehara.

“É importante ter uma mudança de discurso do país. Até o momento, durante o governo Bolsonaro, tivemos um desgaste muito grande da imagem do país em termos de meio ambiente. Desde o encontro de líderes em abril, já víamos uma mudança de tom nas conversações do governo brasileiro. Mas não basta falar, temos que demonstrar nosso compromisso”, afirmou.

“O Brasil tem mostrado fatos muito negativos, então palavras apenas não serão suficientes. Tivemos queimadas, desmatamento, problemas com mineração, além dos próprios compromissos internacionais, abdicando inclusive do dinheiro que tínhamos para cuidar das nossas florestas”, avaliou o cientista político.

Conforme informou o analista de internacional da CNN Lourival Sant’Anna, o Brasil deve elevar sua meta de redução de gases do efeito estufa. O governo brasileiro já comunicou a decisão à secretária-executiva da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudança Climática (UNFCCC), Patricia Espinosa.

O anúncio deverá ser feito na manhã de segunda-feira (1º, no horário de Brasília), em um vídeo gravado na quinta-feira (28) pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), com legendas em inglês. Ele será exibido no stand da Confederação Nacional da Indústria (CNI), na Conferência sobre Mudança Climática (COP26), em Glasgow.

A meta atual para 2030 é 43%. O novo número ainda está em discussão, mas deve ficar entre 45% e 48%.

Para o cientista político, os posicionamentos oficiais influenciam. “Existe o lado da credibilidade, é um ponto fundamental. Até esse momento, o presidente teve idas e vindas, guinadas importantes. Se alguns entendem que o novo discurso é importante para se alinhar com a COP26, por outro lado existe quem diz: ‘ele já falou outras coisas e não seguiu’. É fundamental que o Brasil ganhe credibilidade”, disse Uehara.

(*sob supervisão de Layane Serrano)

(Publicado por Daniel Fernandes)

Mais Recentes da CNN