Eleições na Venezuela: Partido de Maduro elege 20 dos 23 governadores

Foi a primeira eleição com participação da oposição venezuelana desde 2018

Stefano Pozzebonda CNN

Ouvir notícia

O Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), do presidente Nicolás Maduro, elegeu 20 dos 23 governadores estaduais nas eleições regionais deste domingo (21). O Chavismo também conquistou a prefeitura da capital Caracas, considerada uma entidade federal.

O resultado do pleito foi anunciado, nesta segunda-feira (22), por Pedro Calzadilla, presidente do CNE (Conselho Nacional Eleitoral), a autoridade eleitoral venezuelana.

Com 90,21% dos votos contabilizados, Calzadilla anunciou que o comparecimento às urnas foi de 41,8%. Foi a primeira eleição com participação da oposição venezuelana desde 2018.

De acordo com os resultados preliminares, o partido de Maduro teve uma vitória esmagadora. A oposição conseguiu obter apenas três estados: Cojedes, Nueva Esparta e Zulia.

Após o presidente do CNE fazer o anúncio, Maduro fez um pronunciamento à nação no palácio presidencial comemorando o resultado. “Vencemos 21 das 24 [entidades federais]. É um bom trabalho, fruto do nosso árduo trabalho e da nossa honestidade”, disse o presidente.

Oposição nas eleições

A oposição à Nicolás Maduro decidiu participar das eleições, neste domingo (21), pela primeira vez desde 2018. No entanto, os eleitores não compareceram para votar em massa. A participação foi a mais baixa registrada entre as eleições no país que incluíram a participação da oposição.

Embora as eleições tenham sido pacíficas, pelo menos um homem foi morto em um tiroteio em frente a um colégio eleitoral no estado de Zulia, no oeste do país, informaram as autoridades. O motivo do tiroteio não foi esclarecido.

MADURO VOTA VENEZUELA - REUTERS
Nicolás Maduro votou nas eleições deste domingo (21) em escola no bairro Fuerte Tiuna, em Caracas. / REUTERS

* (Matéria traduzida. Leia a original aqui).

Mais Recentes da CNN