Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Enviado de Biden chega ao Líbano para achar solução diplomática entre Hezbollah e Israel

    Viagem acontece em meio a confrontos na fronteira norte israelense

    Bandeiras do Hezbollah sobre foto do líder do grupo, Sayyed Hassan Nasrallah, no sul do Líbano
    Bandeiras do Hezbollah sobre foto do líder do grupo, Sayyed Hassan Nasrallah, no sul do Líbano 08/10/2023REUTERS/Aziz Taher

    Mostafa Salemda CNN

    em Abu Dhabi

    Uma escalada de violência não é do interesse do povo libanês e israelense, e uma “guerra limitada” não é “contida”, alertou um conselheiro sênior do presidente dos EUA, Joe Biden, Amos Hochstein, em uma coletiva de imprensa de Beirute nesta segunda-feira (04).

    Hochstein, que visitou o Líbano várias vezes desde que as hostilidades eclodiram entre o Hezbollah e Israel, está em Beirute para conversas com altos funcionários libaneses para encontrar uma solução diplomática para as hostilidades em curso ao longo da fronteira Israel-Líbano.

    “Estou ciente de que minha chegada vem na esteira de algumas semanas tensas em ambos os lados da fronteira”, Hochstein.

    “A escalada da violência não é do interesse de ninguém e não há tal coisa como uma guerra limitada…uma escalada certamente não ajudará o Líbano a se reconstruir e avançar neste momento crítico na história do Líbano“, acrescentou.

    Israel planeja uma incursão terrestre no Líbano que poderá ser lançada no final da primavera ou início do verão se os esforços diplomáticos não conseguirem tirar o Hezbollah da fronteira norte com Israel, segundo funcionários da alta administração e ligados à inteligência.

    Em fevereiro, o líder do Hezbollah, Hassan Nasrallah, rejeitou os esforços estrangeiros destinados a parar os combates entre o grupo e Israel, dizendo que as propostas internacionais se concentram apenas na segurança de Israel sem oferecer um cessar-fogo em Gaza.

    Desde então, Israel tem avançado mais fundo no Líbano. Os ataques em fevereiro chegaram a pouco mais de quarenta quilômetros da capital, Beirute.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original