Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Erdogan pedirá a Putin e Zelensky que conversem sobre Donbass e Crimeia

    Presidente turco tem assumido papel de interlocutor nas negociações de paz pelo fim da guerra na Ucrânia

    Tayyip Erdogan, presidente da Turquia
    Tayyip Erdogan, presidente da Turquia REUTERS/Umit Bektas

    Ali Kucukgocmen e Tuvan Gumrukcuda Reuters

    Ankara

    Ouvir notícia

    O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, disse nesta sexta-feira (1) que pedirá a seu colega russo, Vladimir Putin, em um telefonema mais tarde, que ele e o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky deêm um passo em direção a resolver as questões sobre a região de Donbass e a Crimeia.

    Falando a repórteres em Istambul, Erdogan disse que manterá o telefonema com Putin às 13 horas (de Londres) e renovará uma oferta para receber os líderes russos e ucranianos para negociações de paz. O turco disse que Zelensky estava caloroso após a ligação na quinta-feira (31).

    Mais cedo, o ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, disse que seu país ficaria grato à Turquia se pudesse ajudar a organizar uma reunião entre os líderes russo e ucraniano.

    O presidente turco tem assumido um papel de protagonismo nas negociações entre os dois países. A rodada de negociações realizada em Istambul na última terça-feira (29) deixou os lados russo e ucraniano mais próximos “de um diálogo”, como definiu o chefe de gabinete de Zelensky falando à CNN.

    Outro interlocutor do presidente russo, o premiê italiano, Mario Draghi, afirmou que Putin ainda não vê o momento como propício para um cessar-fogo.

    Mais Recentes da CNN