EUA perderam o mito da invencibilidade após o 11 de setembro, diz ex-embaixador

Barbosa afirmou que o país se encontrava em momento muito afluente, o que contribuiu para a crença americana de que era invencível

Da CNN*

Em São Paulo

Ouvir notícia

Os atentados do 11 de setembro foram um grande baque para os Estados Unidos, principalmente quando considerado o bom momento que o país vivia. Segundo o ex-embaixador do Brasil nos Estados Unidos, Rubens Barbosa, que exercia o cargo na época dos ataques, o país perdeu o mito da invencibilidade após o atentado.

“Os Estados Unidos estavam em uma grande afluência, vinham crescendo há vários anos. Havia uma euforia muito grande porque era o que eles chamavam de século americano. Os Estados Unidos eram a única superpotência. E, no meio dessa euforia toda, dessa grande presença no mundo, eles sofrem esse ataque às Torres Gêmeas e em Washington”, afirmou o ex-embaixador.

Ainda segundo Barbosa, a reação de Guerra ao Terror após os ataques do 11 de setembro acabaram por unir os Estados Unidos naquele momento.

“Isso afetou a cabeça de toda a sociedade americana, que se sentiu vulnerável. Os Estados Unidos perderam o mito da invencibilidade. Isso afetou o país inteiro, e a reação do presidente Bush foi muito forte, de Guerra ao Terror, o que naquele momento uniu o país”, completou o ex-embaixador.

Especial

CNN Brasil apresentou uma programação especial neste sábado, 11/09, em transmissão simultânea com a CNN americana e com correspondentes espalhados pelos Estados Unidos, em homenagem às vítimas do atentado que completa 20 anos. Confira:

Publicado por Thâmara Kaoru

Mais Recentes da CNN