Francisco concorda em fazer a primeira visita de um papa à Índia desde 1999

“Tive um encontro muito caloroso com o papa", disse o primeiro-ministro indiano, que recusou a visita de Francisco em 2017

Francisco tem intenção de visitar a Índia desde 2016
Francisco tem intenção de visitar a Índia desde 2016 Reuters/David Cerny

Philip Pullellada Reuters

Ouvir notícia

O Papa Francisco aceitou o convite do primeiro-ministro indiano Narendra Modi para visitar o país, em uma mudança nas relações com o Vaticano após o fracasso das negociações para uma viagem papal à nação de maioria hindu, em 2017.

Na Índia, existem cerca de 20 milhões de católicos, cerca de 1,5% dos 1,3 bilhão de habitantes do país. Cerca de 80% da população indiana é hindu.

Em 2016, Francisco disse ter “quase certeza” que visitaria a Índia no ano seguinte, em missão que incluiria ida também a Bangladesh. Na ocisão, no entanto, os líderes da Igreja Católica Indiana não conseguiram convencer Modi, que lidera um governo nacionalista, a convidá-lo.

O último Papa a visitar a Índia foi João Paulo II, que esteve em Nova Delhi, em 1999, para emitir um documento papal sobre a Igreja na Ásia.

“Tive um encontro muito caloroso com o Papa Francisco. Tive a oportunidade de discutir uma ampla gama de questões com ele e também o convidei para visitar a Índia”, tuitou Modi neste sábado (30).

Mais Recentes da CNN