Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Homem ateia fogo em si mesmo em frente a tribunal onde acontece julgamento de Trump

    Vítima foi socorrida e encaminhada para hospital

    Autoridades isolam local em que homem ficou em chamas do lado de fora de tribunal de julgamento de Donald Trump
    Autoridades isolam local em que homem ficou em chamas do lado de fora de tribunal de julgamento de Donald Trump Reprodução/CNN

    Da CNN

    Um homem ateou fogo em si mesmo do lado de fora do tribunal em Nova York, nos Estados Unidos, onde ocorre o julgamento do ex-presidente Donald Trump, confirmaram duas fontes policiais à CNN nesta sexta-feira (19). Não foram passados mais detalhes sobre o caso.

    Uma equipe da CNN viu o homem em chamas. A vítima foi socorrida e encaminhada para o hospital mais próximo.

    Ele entrou no parque do outro lado da rua do tribunal, jogando panfletos para o alto, informou uma autoridade das forças de segurança lei à CNN. Então, tirou algo de uma mochila – não ficou imediatamente claro qual era o item – e se incendiou, destacou a fonte.

    Os investigadores estavam recolhendo os panfletos, que, segundo uma equipe da CNN no local, diziam que “a NYU [Universidade de Nova York] é uma frente de máfia” e tinha várias alegações de irregularidades contra a universidade.

    Segundo a Reuters, os panfletos também fariam referência a “bilionários do mal” e pediam às pessoas para “exporem esta corrupção”. Trump não teria sido mencionado.

    Pelo menos uma pessoa usou um extintor de incêndio para tentar apagar o fogo, e um paramédico correu até o homem e tentou prestar socorro, segundo Laura Coates, da CNN, que narrou a cena.

    Uma testemunha no local disse à agência Reuters que primeiro ouviu o homem jogando panfletos para o alto, depois o viu se encharcar com uma lata e atear fogo em si mesmo.

    Trump está dentro da corte, onde a segurança está reforçada devido à presença do ex-presidente. A polícia de Nova York fará uma coletiva de imprensa nas próximas horas.

    O acontecimento chocante ocorreu logo após a conclusão da seleção do júri para o julgamento. Com a conclusão deste passo, promotores e advogados de defesa devem fazer declarações iniciais na próxima semana.

    Trump está sendo julgado em um caso decorrente de dinheiro pago a uma estrela de filmes adultos.