Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    “Homem mais sujo do mundo” morre aos 94 anos, meses após seu primeiro banho

    Amu Haji há décadas evitava alimentos frescos e acreditava que “se ele se limpar, ficará doente”, disse agência de notícias estatal iraniana

    Amu Haji acreditava que tomar banho o deixaria doente.
    Amu Haji acreditava que tomar banho o deixaria doente. Reprodução/Redes Sociais

    Hafsa KhalilAbdul Nasirda CNN

    Um eremita iraniano conhecido como “o homem mais sujo do mundo” morreu aos 94 anos, apenas alguns meses depois de tomar seu primeiro banho em décadas, anunciou a mídia estatal iraniana.

    “Amu Haji” – tio Haji – como era chamado, morreu no domingo (24) em Dezhgah, uma vila na província de Fars, no sul do país, informou a agência de notícias estatal IRNA.

    De acordo com o chefe do distrito da região, Haji há décadas evitava alimentos frescos e acreditava que “se ele se limpar, ficará doente”, informou a agência.

    Haji era conhecido por sua postura firme contra o banho: alguns anos atrás, quando um grupo de aldeões o levou a um rio próximo na tentativa de banhá-lo, ele se jogou para fora do carro e fugiu.

    Todos os moradores da área o trataram e sua condição com respeito, relatou a IRNA, entendendo que seu medo de ficar doente era a razão pela qual ele evitava a água.

    Alguns meses atrás, os aldeões deram com sucesso um banho em Haji.

    O homem era solteiro. Seu funeral foi realizado na noite de terça-feira (26) na cidade vizinha de Farashband, de acordo com a IRNA.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original