Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Macron diz que França enviará caças Mirage 2000 para a Ucrânia

    Treinamento de pilotos dura ao menos seis meses; líder francês espera que outros países também forneçam jatos

    Mirage 2000-5 da França na Suécia
    Mirage 2000-5 da França na Suécia Ministério da Defesa da França

    Joseph Atamanda CNN

    O presidente da França, Emmanuel Macron, disse que o país começará a fornecer caças Mirage 2000-5 à Ucrânia. A fala aconteceu após as comemorações do 80° aniversário do Dia D, uma das datas mais importantes da Segunda Guerra Mundial.

    O cronograma de entrega estava marcado para começar após a assinatura de um acordo com o presidente da Ucrânia nesta sexta-feira (7) em Paris, segundo destacou Macron em uma entrevista à emissora francesa TF1.

    O caça Mirage 2000-5 é um jato multifuncional que está em serviço há cerca de 25 anos, com “capacidades” ar-ar e ar-solo.

    Ele foi exportado com sucesso pela França para vários países e tem capacidade semelhante ao jato F-16, de fabricação dos Estados Unidos.

    Macron afirmou que propôs começar a treinar pilotos com a aeronave a partir deste verão europeu, com a capacitação levando cerca de 6 meses. A França já está fornecendo treinamento básico de voo para pilotos ucranianos como parte do programa de fornecimento do F-16.

    O líder francês destacou que espera construir uma coalizão de países que possam fornecer à Ucrânia seus próprios jatos Mirage.

    Tanto a Grécia quanto os Emirados Árabes Unidos têm jatos Mirage 2000-5 em suas Forças Aéreas.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original