Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Manifestantes protestam contra ultradireita em Paris, após projeção de vitória da esquerda

    Coalizão de centro de Macron deve ficar em terceiro lugar

    Protestos contra a ultradireita tomam ruas de Paris, após projeção de vitória da esquerda
    Protestos contra a ultradireita tomam ruas de Paris, após projeção de vitória da esquerda REUTERS

    Da CNN

    Milhares de manifestantes se reuniram em Paris no domingo (7) para protestar contra a ultradireita, após projeções de boca de urna para o segundo turno das eleições indicar a possibilidade de um parlamento fragmentado, com uma aliança de esquerda inesperadamente ocupando o primeiro lugar.

    Os manifestantes aplaudiram, entoaram cantos e soltaram fogos de artifício na Place de la République, no centro de Paris.

    Os resultados, baseados em projeções de pesquisadores de opinião, representaram um revés para o partido nacionalista e eurocético de Marine Le Pen, o Reunião Nacional (RN), que as pesquisas indicavam que seria o maior partido, mas que, ao que tudo indica, acabará em terceiro lugar.

    Foi também um golpe para o presidente centrista Emmanuel Macron, que convocou a eleição após a derrota de sua coalizão nas eleições para o Parlamento Europeu no mês passado.

    A eleição deixará o parlamento dividido em três grandes grupos – esquerda, centristas e ultradireita – com plataformas extremamente diferentes e nenhuma tradição de trabalho conjunto.

    A incerteza causada pelo resultado das eleições de domingo surge enquanto a França se prepara para receber centenas de milhares de visitantes para as Olimpíadas de 2024 em Paris.

    Faltando menos de três semanas para a cerimônia de abertura, não há uma escolha clara para primeiro-ministro, já que nenhum partido conquistou maioria nas eleições de domingo.

    Já há uma sombra sobre os jogos, com alguns eventos de natação em dúvida devido à alta concentração de bactérias E. Coli na água, o que não é seguro para a prática de natação segundo os padrões estabelecidos pela World Triathlon.

    As autoridades também gastaram pelo menos mais de 1 bilhão e meio de dólares para limpar o rio Sena.

     

    *Com informações da Reuters