Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Marcha do Dia Internacional da Mulher em Moldova celebra as mulheres ucranianas

    País mais pobre da Europa já recebeu mais de 230.000 pessoas da Ucrânia.

    Mulheres de Moldova recebem refugiadas ucranianas
    Mulheres de Moldova recebem refugiadas ucranianas Divulgação

    AnneClaire Stapletonda Reuters

    Chisinau

    Em Chișinau, capital da Moldávia, pequenos grupos saíram às ruas para celebrar o Dia Internacional da Mulher. Feriado nacional no país, a manifestação mostra solidariedade com as mulheres da Ucrânia, que foram forçadas a fugir de suas casas enquanto homens de 18 a 60 anos são obrigados a permanecer para combater a invasão russa.

    Uma mulher segurava uma placa com a frase: “Mulheres da Ucrânia, vocês são heroínas”.

    Moldova, o país mais pobre da Europa, já recebeu mais de 230.000 pessoas da Ucrânia. A primeira-ministra Natalia Gavrilița disse que uma a cada oito crianças no país agora são refugiadas.