Marido de professora vítima de tiroteio no Texas morre 2 dias depois da mulher

Ilma Garcia morreu tentando proteger os alunos de atirador

Ilma e Joe Garcia, de Uvalde, Texas
Ilma e Joe Garcia, de Uvalde, Texas GoFundMe

Da CNN

Ouvir notícia

O marido de Irma Garcia, uma das professoras da escola primária Robb Elementary, que foi morta no tiroteio de terça-feira 24) em Uvalde, no Texas, nos Estados Unidos, morreu, de acordo com uma postagem da GoFundMe, página criada para arrecadação de fundos para as famílias das 21 vítimas – duas professoras e 19 crianças.

“Joe Garcia morreu tragicamente nesta manhã [26] como resultado de uma emergência médica. Por favor, mantenham nossa família em seus pensamentos e orações. Realmente acredito que Joe morreu de coração partido. Perder o amor de sua vida por mais de 25 anos foi demais para ele suportar”, disse Debra Austin, prima de Irma Garcia na postagem.

No site da escola, a biografia de Irma Garcia diz que ela e o marido tiveram quatro filhos. Joe teve um ataque cardíaco em casa e morreu no hospital.

“Ela literalmente faria qualquer coisa por qualquer um, sem perguntas. Ela amava seus filhos em sala de aula e morreu tentando protegê-los”, afirmou Debra no depoimento no site.

O sobrinho de Garcia, John Martinez, disse ao Washington Post que as autoridades informaram à família que ela ajudou a proteger os alunos dos tiros.

“Quero que ela seja lembrada como alguém que sacrificou sua vida e colocou sua vida em risco por seus filhos”, declarou Martinez.

“Eles não eram apenas seus alunos. Aqueles eram seus filhos, e ela colocou sua vida em risco, ela perdeu a vida para protegê-los. Esse é o tipo de pessoa que ela era.”

De acordo com o perfil de Garcia no site do Distrito Escolar Independente Consolidado de Uvalde, ela era educadora há 23 anos. Era seu quinto ano de ensino com Eva Mireles, que também foi tragicamente baleada na escola primária.

Investigações

Autoridades no Texas estão trabalhando para “reunir os fatos” para estabelecer um cronograma concreto sobre o tiroteio na escola primária Robb, em Uvalde, no Texas, nos Estados Unidos.

Um jovem de 18 anos é o suspeito de ser o atirador que abriu fogo na escola primária, matando vários alunos e professores, morreu no ataque, segundo as autoridades. As autoridades identificaram o atirador como Salvador Ramos.

A escola primária Robb, onde Ramos abriu fogo, está localizada em Uvalde, uma cidade no condado de mesmo nome, no Texas, cerca de 136 quilômetros a Oeste de San Antonio e cerca de 112 quilômetros a Leste de Del Rio. O suspeito residia nesta cidade e tinha frequentado a escola secundária de Uvalde.

Antes de ir armado para a escola primária Robb, acredita-se que Salvador Ramos tenha atirado em sua avó, que foi levada para um hospital em San Antonio.

(Publicada por Carolina Farias)

Mais Recentes da CNN