Menino marroquino preso em poço morreu antes de resgate, afirma governo

Rayan Awram, de cinco anos, caiu em um poço em sua aldeia, desencadeando um enorme esforço de resgate que mobilizou o país

Ahmed Eljechtimida Reuters

Ouvir notícia

Um menino preso em um poço no norte do Marrocos por cinco dias morreu antes que os socorristas conseguissem alcançá-lo no sábado(5) e recuperar seu corpo, disseram dois funcionários do governo.

Imagens postadas nas mídias sociais mostraram a cena depois que seu corpo foi recuperado, com membros de equipes de resgate e espectadores reunidos no local cantando e apontando as lanternas de seus telefones para o ar.

Rayan Awram, de cinco anos, caiu no poço em sua aldeia de Ighran, nas colinas perto de Chefchaouen, na terça-feira (3), desencadeando um enorme esforço de resgate que mobilizou o país.

As equipes de resgate finalmente o alcançaram no final do sábado, depois de remover grande parte da encosta adjacente e delicadamente cavar uma passagem horizontal no poço.

O rei Mohammed enviou condolências a seus pais, informou um comunicado divulgado pela mídia estatal.

O poço tinha apenas 45 centímetros de largura no topo e afunilava à medida que descia 32 metros até o fundo, onde Rayan estava preso, impossibilitando socorristas de descerem.

Um parente do menino disse na sexta-feira (4) que a família percebeu pela primeira vez que ele estava desaparecido quando ouviu um choro abafado e baixou um telefone com a luz e a câmera ligadas para localizá-lo. “Ele estava pedindo ‘me tire daqui'”, disse o parente.

A região montanhosa ao redor de Chefchaouen é extremamente fria no inverno, e os socorristas tentaram manter o menino vivo baixando comida, água e oxigênio através de um tubo.

As equipes de resgate trabalharam 24 horas por dia cortando uma enorme trincheira, depois abrindo um túnel horizontal em direção a Rayan, com risco de deslizamentos de terra.

Nas horas finais do esforço de resgate, os trabalhadores tiveram que se mover com extrema cautela enquanto tentavam cavar terra e rochas até onde Rayan estava.

Eles finalmente conseguiram acessar o poço na noite de sábado e carregaram seu corpo para uma ambulância. Multidões se reuniram em vigília no local para assistir ao esforço de resgate enquanto centenas de trabalhadores trabalhavam para salvar a criança.

Mais Recentes da CNN