Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Sobe para 36 o número de mortes em incêndios florestais no Havaí

    Autoridades disseram que os ventos provocados pelo furacão Dora espalharam as chamas por todo o estado

    Marco Garciada Reuters

    Pelo menos 36 pessoas morreram depois que incêndios florestais, alimentados pelos ventos de um furacão, devastaram grande parte da cidade turística de Lahaina, na ilha de Maui, no Havaí.

    Vários bairros foram queimados e o lado oeste da ilha foi quase isolado, com apenas uma rodovia aberta, enquanto milhares de pessoas eram retiradas de suas casas. Algumas pessoas fugiram para o mar para escapar da fumaça e das chamas.

    “Acabamos de passar pelo pior desastre que já vi. Lahaina inteira está totalmente queimada. É como um apocalipse“, disse Mason Jarvi, morador da cidade.

    Autoridades disseram que os ventos provocados pelo furacão Dora espalharam as chamas por todo o estado.

    A Agência de Gerenciamento de Emergências do Havaí afirmou, na noite de quarta-feira (9), que o Serviço Nacional de Meteorologia cancelou o “Aviso de Bandeira Vermelha” e o “Aviso de Vento Forte” para todas as ilhas havaianas.

    No entanto, as autoridades do condado de Maui disseram que os esforços de combate ao incêndio estavam em andamento. Eles não forneceram nenhum outro detalhe.

    A vice-governadora do Havaí, Sylvia Luke, disse em coletiva de imprensa que as autoridades ainda estavam avaliando os danos. “Será um longo caminho para a recuperação”, declarou ela.

    Veja também: Pessoas se reúnem para assistir à erupção de vulcão no Havaí