Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Rússia dispara tiros de alerta contra navio cargueiro no Mar Negro

    Embarcação tinha a bandeira de Palau, país da Oceania; Moscou advertiu que consideraria como potenciais transportadores de armas todos os navios que se dirigem para águas ucranianas

    Navio de guerra russo dispara tiros de alerta em cargueiro no Mar Negro
    Navio de guerra russo dispara tiros de alerta em cargueiro no Mar Negro , na Crimeia12/02/2022 Ministério da Defesa da Rússia/Divulgação via REUTERS

    Guy Faulconbridgeda Reuters

    Um navio de guerra da russo disparou, neste domingo (13), tiros de alerta contra um cargueiro de bandeira de Palau, pequeno país da Oceania, no sudoeste do Mar Negro enquanto se dirigia para a Ucrânia, informou o Ministério da Defesa da Rússia.

    No mês passado, a Rússia encerrou um acordo de grãos mediado pela ONU que garantiu que a Ucrânia pudesse levar seus produtos agrícolas ao mercado através do Mar Negro. Moscou advertiu que consideraria como potenciais transportadores de armas todos os navios que se dirigem para as águas ucranianas.

    A Rússia disse em um comunicado que o navio de patrulha Vasily Bykov disparou armas automáticas contra o navio Sukru Okan depois que o capitão deste último não respondeu a um pedido de parada para inspeção.

    O Sukru Okan estava se dirigindo para o porto ucraniano de Izmail, disse o Ministério da Defesa russo. Os dados de embarque da Refinitiv mostraram que o navio estava indo para o norte, em direção à costa da Bulgária.

    “Para interromper a embarcação à força, foi aberto fogo de advertência com armas automáticas”, disse o ministério. “Depois que o grupo de inspeção concluiu seu trabalho a bordo, o Sukru Okan continuou seu caminho para o porto de Izmail.”

    A Ucrânia e o Ocidente afirmam que as medidas da Rússia equivalem a um bloqueio dos portos ucranianos, e que ameaça cortar o fluxo de trigo e sementes de girassol da Ucrânia para os mercados mundiais.

    A resposta da Ucrânia, com ataques de drones marinhos a um petroleiro russo e um navio de guerra em sua base naval de Novorossiysk, ao lado de um importante porto de grãos e petróleo, aumentou esses novos perigos para o transporte no Mar Negro.

    A Rússia e a Ucrânia são dois dos maiores produtores agrícolas do mundo e os principais players nos mercados de trigo, cevada, milho, colza, óleo de colza, semente de girassol e óleo de girassol. A Rússia também é dominante no mercado de fertilizantes.

    Veja também: Rússia quer falar com Brasil para resolução da guerra