Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Netanyahu diz que Israel está determinado a completar missão em Gaza

    Primeiro-ministro diz que objetivo inclui "eliminar" o Hamas e fazer com que Gaza não seja uma ameaça a Israel

    Primeiro-ministro também prometeu libertar todos os reféns feitos pelo Hamas, “sem exceção”
    Primeiro-ministro também prometeu libertar todos os reféns feitos pelo Hamas, “sem exceção” 28/10/2023 ABIR SULTAN/Pool via REUTERS

    Tamar MichaelisSugam Pokharelda CNN

    A operação militar de Israel na Faixa de Gaza continuará até que a região “deixe de ser uma ameaça para Israel”, disse o primeiro-ministro do país, Benjamin Netanyahu, durante uma visita a uma base de inteligência do Exército nesta terça-feira (28).

    “Estamos empenhados em completar estas missões: libertar todos os reféns, eliminar esta organização terrorista acima e abaixo do solo e, claro, que Gaza não deve voltar a ser o que era — que não constituirá mais uma ameaça para o Estado de Israel”, afirmou.

    Esse comentário foi feito antes da libertação de reféns pelo Hamas nesta terça. Foram soltos 10 israelenses e dois tailandeses.

    O primeiro-ministro também prometeu libertar todos os reféns feitos pelo Hamas, “sem exceção”.

    Netanyahu culpou ainda os civis em Gaza por “protegerem os terroristas”, mas não forneceu qualquer prova para a acusação.

    “Estamos vendo, com efeito, que os residentes, os civis em Gaza acima [do solo] estão protegendo todos os terroristas. Eles construíram uma cidade subterrânea para se protegerem e estão sacrificando os civis acima”, alegou.

    O Hamas nega que use civis como escudos humanos.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original