Maior nevasca em 50 anos mata três na Espanha

Os serviços de resgate alcançaram 1.500 pessoas presas em carros nas estradas em torno de Madri

Graham Keeley,

da Reuters, em Madri

Ouvir notícia

 

Três pessoas morreram na Espanha por conta da tempestade Filomena — que provocou caos nas estradas do país e cobriu Madri em branco, com a nevasca mais intensa em décadas e tropas sendo mobilizadas para resgatar motoristas presos pela neve nas pistas.

Os serviços de resgate alcançaram 1.500 pessoas presas em carros, enquanto esquiadores aproveitavam a neve para deslizar na Gran Via, que normalmente é uma das ruas mais movimentadas da capital. Outros moradores de Madri usaram a nevasca atípica para praticar snowboard nas vias da cidade ou fazer guerras com bolas de neve.

Um homem e uma mulher que estavam viajando em um carro se afogaram depois de um rio transbordar próximo a Málaga, no sul da Espanha, e um morador de rua morreu congelado pela neve em Calatayud, segundo as autoridades.

Nevasca na Espanha
Nevasca na Espanha é a maior em cinco décadas
Foto: REUTERS

O ministro do Interior Fernando Grande-Marlaska pediu que os espanhois evitassem todas as viagens que não fossem essenciais. “Estamos enfrentando a tempestade mais intensa dos últimos 50 anos”, ele disse.

Mais de 650 estradas foram bloqueadas pela neve, disse Grande-Marlaska, deixando alguns motoristas presos dentro de seus carros desde a noite de sexta-feira (9) até o sábado (10).

Leia também:
Espanha vai listar pessoas que se recusarem a tomar vacina da Covid-19
Em novo acordo, UE garante quase metade das doses da vacina da Pfizer em 2021
Vacinação começa em Portugal com 10 mil doses da Pfizer

Patrícia Manzanares, presa em seu carro na rodovia M-40, em Madri, desde às 7 da noite da sexta-feira, disse à rede de televisão local RTVE: “Eu estou presa aqui sem água ou qualquer outra ajuda”.

Escolas e universidades estão fechadas até a quarta-feira (13), segundo autoridades regionais.

A Aena, empresa que controla os aeroportos do país, disse que o aeroporto Barajas (em Madri), que foi fechado na noite de sexta-feira, continuaria fechado pelo restante do sábado. Ela afirmou que pelo menos 50 vôos para Madri, Málaga, Tenerife e Ceuta, um território espanhol no norte da África, foram cancelados.

Destaques do CNN Brasil Business:
Vacina traz otimismo e aéreas veem retomada do setor
Instituto seleciona 50 alunos do 9º ano para cursinho e possível bolsa de estudo
Bitcoin: entenda os motivos que levaram a criptomoeda à valorização recorde

A Agência Meteorológica Estatal informou que esta é a nevasca mais intensa em Madri desde 1971, enquanto José Miguel Viñas, um meteorologista da Rádio Nacional da Espanha, disse que entre 25 e 50 centímetros de neve caíram sobre a capital, o que tornaria esta a maior nevasca desde 1963.

A partida da liga espanhola de futebol entre o Atlético de Madri e o Atlético Bilbao, agendada para o sábado, foi adiada, anunciou a La Liga em pronunciamento.

Madri e quatro outras regiões estão sob alerta vermelho no sábado enquanto mais tempestades de neve intensas estão previstas, de acordo com a agência estatal de meteorologia (Aemet).

Mais Recentes da CNN