Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    O.J. Simpson se torna um homem livre após cumprir pena por assalto à mão armada

    Ex-jogador de futebol americano, hoje com 74 anos, estava em liberdade condicional após ser libertado da prisão em 2017, mas obteve uma dispensa antecipada

    Em 1994, Simpson respondeu a um processo por duplo homicídio no estado da Califórnia sob acusação de matar a facadas a ex-mulher, Nicole Brown Simpson, e um amigo dela, Ron Goldman
    Em 1994, Simpson respondeu a um processo por duplo homicídio no estado da Califórnia sob acusação de matar a facadas a ex-mulher, Nicole Brown Simpson, e um amigo dela, Ron Goldman Jason Bean/Pool/Bloomberg/Getty Images

    Steve AlmasyMichelle Watsonda CNN*

    Ouvir notícia

    O ex-jogador de futebol americano O.J. Simpson, de 74 anos, é mais uma vez um homem livre após cumprir pena por um sequestro e assalto à mão armada em Las Vegas, nos Estados Unidos, em 2007. A informação foi divulgada na terça-feira (14) em comunicado do Departamento de Segurança Pública de Nevada.

    Em 1994, Simpson respondeu a um processo por duplo homicídio no estado da Califórnia sob acusação de matar a facadas a ex-mulher, Nicole Brown Simpson, e um amigo dela, Ron Goldman.

    Simpson estava em liberdade condicional após ser libertado da prisão em 2017 pelo sequestro e assalto à mão armada e em 2007. Sua liberdade condicional estava programada para terminar em 9 de fevereiro, mas o ex-atleta foi beneficiado com uma dispensa da liberdade condicional antecipada.

    Em 30 de novembro, o Conselho de Comissários de Liberdade Condicional de Nevada realizou uma “audiência de dispensa antecipada” para Simpson, após receber uma recomendação por escrito da Divisão de Liberdade Condicional de Nevada, disse o comunicado à imprensa.

    Uma declaração do Conselho de Comissários de Liberdade Condicional e da Polícia Estadual, Divisão de Liberdade Condicional e Liberdade Condicional disse que a “decisão de conceder a dispensa antecipada foi ratificada em 6 de dezembro”.

    Em julho de 2017, o conselho de liberdade condicional votou por unanimidade para libertar Simpson depois que ele cumpriu cerca de nove anos de uma sentença de 33 anos. Ele foi solto em outubro daquele ano.

    Durante o assalto em 2007, ele fazia parte de um grupo que invadiu um hotel e cassino para roubar objetos esportivos sob a mira de uma arma. Simpson, que estrelou o time de futebol americano Buffalo Bills na década de 1970 e é o 21º maior rusher na história da NFL, disse que os itens pertenciam a ele.

    Julgamento do século

    Simpson passou uma vida inteira no centro das atenções, primeiro por sua proeza atlética na faculdade e na NFL, depois como ator e pitchman, depois como suspeito de assassinato no assassinato de 1994 de sua ex-mulher, Nicole Brown Simpson, e seu amigo Ron Goldman.

    Seu julgamento por assassinato em Los Angeles foi apelidado de “o julgamento do século” e gerou anos de debate sobre raça e sistema judiciário.

    Simpson se declarou “100% inocente” e montou uma equipe de advogados locais e nacionais famosos. Ele acabou sendo absolvido em 1995, mas dois anos depois perdeu um julgamento civil. Ele foi condenado a pagar US$ 33,5 milhões por danos.

    (*Texto traduzido. Clique aqui para ler original em inglês)

    Tópicos

    Tópicos

    Mais Recentes da CNN