Países do G7 vão debater sobre crise no Afeganistão na terça-feira

O encontro foi convocado pelo primeiro-ministro britânico Boris Johnson

Flávia Duarteda CNN

em Londres

Ouvir notícia

A situação do Afeganistão será assunto de uma reunião dos países do G7 na terça-feira (24). Os líderes dos países mais ricos do mundo, Canadá, França, Alemanha, Itália, Japão, Reino Unido, vão discutir como retirar quem ainda precisa sair do país, agora dominado pelo grupo Talibã.

O encontro foi convocado pelo primeiro-ministro britânico Boris Johnson, que atualmente detém a presidência rotativa do G7. 

Johnson disse que é dever da comunidade internacional garantir um plano seguro para a retirada das pessoas que ainda estão no Afeganistão e que tentam deixar o país.

Além disso, afirmou o primeiro-ministro britânico, é dever do grupo ajudar a evitar uma catástrofe humanitária e proteger o povo afegão para que os avanços obtidos nos últimos 20 anos não sejam colocados a perder.

Os militantes do Talibã tomaram a capital Cabul e, por isso, há uma corrida desesperada de estrangeiros e civis afegãos para deixar o país. Eles temem um retorno da rígida lei islâmica que vigorava no país durante o regime anterior do Talibã, entre os anos de 1996 e 2001.

Mais Recentes da CNN