EUA seguem com operação de retirada de pessoas de Cabul

Correspondente da CNN, Sam Kiley, acompanha o processo

Sam Kileyda CNN

Em Cabul

Ouvir notícia

Em comparação ao que foi registrado quando a correspondente Clarissa Ward deixou o Afeganistão em voo com refugiados, as coisas se acalmaram um pouco no aeroporto de Cabul. É este o relato do correspondente da CNN internacional, Sam Kiley.

Segundo ele, há muitas pessoas sendo evacuadas no dia de hoje e a presença militar é grande junto à operação. Perto do que acontece no restante do país, a região do aeroporto está menos tumultuada. Kiley conta que no sábado (21), sete pessoas foram pisoteadas por conta das intensas aglomerações no país.

O correspondente conversou com alguns jornalistas que, após anos cobrindo o Afeganistão, estão saindo do país, felizes por estarem vivos, mas receosos com o que vai acontecer a partir de agora.

“Outro jornalista embarcando no mesmo voo disse que o Afeganistão agora passa por uma evasão de talentos. Claro que o Talibã quer evitar isso, além de, ao mesmo tempo, prometer um regime mais inclusivo do que eles tinham nos anos 1990. Mas não existe mesmo fé nessas promessas ou nas consequências do que pode acontecer”, diz Sam Kiley.

Pessoas sendo retiradas do Afeganistão pelo aeroporto de Cabul / Sam Kiley / CNN

Mais Recentes da CNN