Palestino esfaqueia dois israelenses e é morto a tiros

O secretário de Estado americano, Antony Blinken, viajou a Jerusalém para tentar manter a trégua entre Israel e a Palestina

Zeinab Bazzi, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Mesmo com o cessar-fogo, um palestino esfaqueou dois israelenses nesta segunda-feira (24), incluindo um soldado, antes de ser morto a tiros em Jerusalém Oriental.

Segundo autoridades, os dois feridos tinham cerca de 20 anos e um está em estado grave. O atentado aconteceu perto de Sheikh Jarrah, bairro onde aconteceram protestos em meio à ameaça de expulsão de famílias palestinas.

Interferência dos EUA

O secretário de Estado americano, Antony Blinken, viajou ao Oriente Médio para conversar com líderes palestinos e israelenses. Segundo a Casa Branca, o foco da viagem será garantir que a trégua seja mantida e em obter assistência aos moradores de Gaza. 

Blinken vai primeiro a Jerusalém para conversar com líderes israelenses. Em seguida segue para Ramalah, onde se encontra com o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas.

O diplomata também vai para o Egito e Jordânia.

Palestino é morto a tiros após esfaquear dois israelenses
Palestino é morto a tiros após esfaquear dois israelenses (24.mai.2021)
Foto: Reprodução / CNN

Mais Recentes da CNN