Campanha do 2º turno no Chile é novo foco de polarização na América do Sul

Neste episódio do E Tem Mais, Carol Nogueira apresenta um balanço da disputa eleitoral no Chile e do cenário de divisão política em países do continente

Da CNN Brasil*

Em São Paulo

Ouvir notícia

A eleição para definir o próximo presidente do Chile se apresenta como uma disputa entre duas propostas antagônicas: de um lado, uma candidatura de esquerda, e de outro, uma de extrema direita. Depois do primeiro turno no último domingo (21), os eleitores chilenos voltarão às urnas em 19 de dezembro para fazer uma escolha entre o deputado Gabriel Boric, que surgiu na política local como um líder estudantil, e o advogado José Antonio Kast, apontado como um admirador do regime do general Augusto Pinochet.

O cenário de divisão política no Chile é um novo foco de polarização na América do Sul, depois da derrota do governo da Argentina nas eleições legislativas do país no último dia 14 e às vésperas de um ano de uma nova corrida eleitoral no Brasil.

Neste episódio do E Tem Mais, Carol Nogueira apresenta um balanço da campanha eleitoral no Chile e dos rumos das disputas políticas na América do Sul. Para apontar como a polarização das campanhas eleitorais no continente pode ter impacto nos países da região, participam deste episódio o pesquisador João Vitor Cardoso, do Centro de Estudos de Conflito e Coesão Social (Coes) e doutorando pela Universidade do Chile, e a professora Carolina Silva Pedroso, especialista em América Latina na Unifesp.

Conheça os podcasts da CNN Brasil:

E Tem Mais

Horário de Brasília

Entre Vozes

CNN Mundo

Alma do Negócio

5 Fatos

Abertura de Mercado

Na Palma da Mari

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.

Podcast E Tem Mais, com apresentação de Carol Nogueira
Podcast E Tem Mais é publicado de segunda a sexta, sempre no início da manhã / CNN Brasil

(* Publicado por Diego Toledo)

Mais Recentes da CNN