Polícia de Toronto atira em homem que carregava arma perto de escolas

Cinco escolas próximas foram bloqueadas; caso acontece dias após um tiroteio no Texas deixar 19 crianças e 2 professoras mortas

Polícia da cidade de Toronto, no Canadá
Polícia da cidade de Toronto, no Canadá Reprodução/Twitter @TorontoPolice

Rami Ayyubda Reuters

Ouvir notícia

A polícia de Toronto, no Canadá, atirou e feriu um homem que caminhava por uma rua em um bairro da cidade carregando uma arma. Cinco escolas próximas foram bloqueadas, disseram autoridades nesta quinta-feira (26).

Médicos foram até o local do incidente e não há ameaça maior à segurança pública, informou a polícia de Toronto pelo Twitter. O suspeito, cuja condição não foi imediatamente esclarecida, foi descrito como um homem no final da adolescência ou início dos 20 anos, ainda segundo a publicação.

O incidente ocorreu em Port Union, uma área residencial ao norte do centro da cidade de Toronto. Três das escolas permaneceram fechadas, enquanto outras duas foram declaradas “hold and secure” (“bloqueadas e seguras”, em tradução livre) devido ao trabalho policial em andamento na área, destacou o Conselho Escolar do Distrito de Toronto.

“Bloqueada e segura” é uma ação de resposta das escolas a um incidente que ocorre nas proximidades, mas não na propriedade do campus, de acordo com a CBC. Com esse status, o dia continua normalmente dentro da instituição de ensino, mas as portas externas ficam trancadas e as pessoas não podem entrar ou sair.

Tiroteio em escola do Texas mata 21 pessoas

O caso no Canadá acontece dias após um tiroteio em uma escola do Texas, nos Estados Unidos, deixar 19 crianças e 2 professoras mortas. O suspeito do ataque foi morto pela polícia.

Enquanto os pais e familiares esperam pelo esclarecimento do crime, o debate sobre porte de arma nos EUA veio à tona novamente, com políticos defendendo maior rigor para que os cidadãos, principalmente os mais jovens, adquiram armas de grande poder de fogo.

O chefe da polícia na região de Uvalde, Pete Arredondo, afirmou que o autor do ataque agiu sozinho. Ele foi identificado como Salvador Ramos, de 18 anos.

Mais Recentes da CNN