Policial que matou homem negro desarmado nos EUA é demitido

Adam Coy foi filmado disparando contra Andre Hill, homem negro que estava desarmado e carregava um celular iluminado na mão

Andre Maurice Hill, de 47 anos, sofreu disparos e foi morto pelo policial Adam Coy segundos após se encontrarem, enquanto Hill caminhava na direção do policial com um celular iluminado em sua mão
Andre Maurice Hill, de 47 anos, sofreu disparos e foi morto pelo policial Adam Coy segundos após se encontrarem, enquanto Hill caminhava na direção do policial com um celular iluminado em sua mão Foto: City of Columbus

Alec Snyder, Peter Nickeas e Nicquel Terry Ellis, da CNN

Ouvir notícia

Adam Coy, policial de Columbus, no estado americano de Ohio, foi demitido nesta segunda-feira (28), segundo o diretor local de Segurança Pública, Ned Pettus Jr. O policial atirou e matou Hill, homem negro que caminhava pela rua desarmado.

“As ações de Adam Coy não coadunam com o juramento de um policial de Columbus, ou padrões que nós e a comunidade exigimos dos nossos policiais”, afirmou Pettus Jr.

A morte de Andre Hill aconteceu na terça-feira da semana passada, dia 21 de dezembro. O homem caminha em direção ao policial segurando um celular com iluminação em sua mão esquerda quando os disparos aconteceram.

A conduta de Coy foi apurada pelo investigador Thomas Quinlan, que recomendou a demissão do policial. “As informações, as evidências e as argumentações de Quinlan são, na minha opinião, inquestionáveis. A medida disciplinar recomendada por ele está embasada e é apropriada”, afirmou o diretor Ned Pettus Jr.

Assista e leia também:

EUA: 1 em cada 1 mil americanos já morreu de Covid-19

Governo dos EUA recorre de ordem que suspende restrições ao TikTok

Menino de 7 anos entra na casa em chamas para salvar sua irmãzinha

CNN procurou a Ordem Fraterna da Polícia, que representou o policial na audiência, mas não obteve uma resposta. O sindicato argumentou na sessão que a defesa de Coy recebeu o aviso da audiência com pouca antecedência, na véspera de um final de semana com feriado, para uma audiência em uma manhã de segunda.

O prefeito de Columbus, o democrata Andrew Ginther, elogiou a decisão de demitir o policial. O Escritório de Investigações Criminais (BCI, na sigla em inglês) de Ohio vai revisar o caso para avaliar um possível indiciamento criminal.

“Agora, nós esperamos a investigação do BCI, uma apresentação das evidências a um júri e as potenciais acusações federais, da parte do Departamento de Justiça. Nós esperamos transparência, responsabilização e justiça. A família e toda a comunidade merecem isso”, disse Ginther.

Texto traduzido. Clique aqui para ler o original, em inglês

Mais Recentes da CNN