Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Posse de Dilma no banco dos Brics deve ser mantida, mesmo com cancelamento de viagem de Lula

    Lula cancelou ida à China por causa do diagnóstico de pneumonia

    Priscila Yazbekda CNN

    A cerimônia de posse da ex-presidente Dilma Rousseff à frente do Novo Banco de Desenvolvimento (NBD), o banco dos Brics, em Shangai, deve ser mantida, a despeito do cancelamento da ida de Lula à China, por causa do diagnóstico de pneumonia.

    Fontes ligadas ao governo afirmam que Dilma deve tomar posse de qualquer forma. A previsão era de que a comitiva fosse a Pequim, onde Lula teria como principal agenda o encontro com o presidente chinês Xi Jinping no dia 28, e depois seguisse a Shangai, onde fica a sede do banco dos Brics para a cerimônia de posse da ex-presidente, marcada para o dia 29.

    Pessoas ligadas ao banco dos Brics afirmam que posse de Dilma e a visita de Lula são agendas distintas. Se a posse for adiada por tempo indeterminado, porque ainda não se sabe para quando Lula remarcará a viagem, a sinalização pode ser negativa, afinal só restam dois anos de mandato do Brasil à frente da instituição.

    Dilma embarcaria com Lula no avião presidencial. A CNN tentou entrar em contato com a assessoria da ex-presidente para checar se o embarque no avião se mantém, mas não obteve resposta.